Orientações de Alimentação Pré e Pós-Exercício

O principal objetivo de uma refeição pré-exercício é fazer com que o esportista não se sinta fraco e nem lento antes e durante a atividade. Por isso, da mesma forma que o jejum é contra indicado neste momento, o recomendado é não iniciar um treino com o estômago totalmente cheio, o que pode diminuir a performance e até trazer conseqüências desagradáveis, como indigestão, náuseas e até vômitos.

Uma boa recomendação é fazer uma refeição grande, como um café da manhã completo ou almoço, de 2 a 4 horas antes do exercício. Se o tempo entre a última refeição e o horário do início do treino for inferior (como as pessoas que acordam e vão treinar imediatamente), priorize apenas os carboidratos (pão, biscoito ou bolo simples, barra de cereais, géis de carboidrato, frutas) e
dispense as proteínas (leite, queijo, iogurtes, peito de peru) e as gorduras em geral. Isso melhora a absorção dos carboidratos, que são essenciais para este momento, pois garantem energia, e não “pesam” no estômago para a hora do treino.

Alguns alimentos ricos em fibras, como cereais fibrosos, grãos, hortaliças cruas e algumas frutas, como laranja com bagaço ou abacaxi, não são recomendados neste momento, pois podem causar desconforto intestinal.

Alimentar-se para obter o melhor desempenho também inclui fazer uma escolha inteligente dos alimentos a serem ingeridos após o exercício físico. Isso restabelesce os músculos do atleta ou desportista para o próximo evento ou competição.

Para recuperar totalmente a energia muscular, é necessário comer nos primeiros 30 minutos após o exercício e fazer outras refeições pequenas a cada três horas. Se não for possível ingerir alimentos sólidos nos primeiros 30 minutos ou se não houver alimentos disponíveis, recomenda-se beber pelo menos 2 copos de uma bebida esportiva. É igualmente importante hidratar-se após a
atividade física.

A melhor recuperação pós-treino é obtida ao se combinar o consumo de carboidratos e proteínas, que são extremamente importantes para recompor os músculos. As proteínas estão presentes em alimentos de origem animal, como queijos, iogurtes, leites, carnes, frios magros.

DICAS DE ALIMENTOS PRÉ-TREINO

Pão de forma ou francês, biscoitos (maisena, água e sal, leite, etc), bolo simples (de fubá, laranja), barra de cereais, cereais simples, géis de carboidrato, banana ou outras frutas, Sucos de frutas.

DICAS DE ALIMENTOS PÓS-TREINO

Sanduíche de peito de peru e queijo branco com suco de abacaxi / Bolo de cenoura + iogurte + fruta / Salada verde + Espaguete ao
sugo com frango grelhado ou Salada + Arroz com brócolis + bife grelhado.

Yasmin Scaciotti
Nutricionista
CRN-32804/P

Sobremesa Light de Maçã

Pessoas, hoje fiz de sobremesa uma maçã light maravilhosa!
A história dela, é que ela era gordinha rss, bem cheia de açucar…rsss pois foi um amigo que ensinou e disse que encantava a mulherada na Inglaterra com essa sobremesa rsss, dai fiz uma versão light!
Vamos aos ingredientes?

Quantas maçãs você quiser
Mel ou mel de laranjeira para decorar
Hortelã para decorar

* Opcional
Creme de ricota
Essência de baunilha
Canela

A calda também é opcional, que pode ser feita com mel e suco de laranja.

Primeiro você descasca a maçã e enrola ela no papel alumínio, posteriormente coloque em uma forma e leve para assar por uns 30 minutos!
Após ela estiver assada, você retira o papel alumínio e em um prato de sobremesa jogue em cima mel e decore a gosto!

O opcional é colocar baunilha e adoçante no creme de ricota e fazer um desenho no mesmo estilo que fiz aqui!
Eu adorei e foi dica da @ceciedri no Instagram, colocar baunilha e adoçante no creme de ricota!
Você também pode só polvilhar canela!
Outra opção é que pode jogar uma calda com mel e suco de laranja natural.

Ao contrário do meu amigo rsss, vamos ver se consigo agarrar algum gatinho pelo estômago rss
Um beijo e espero que tenham gostado!

20121014-164024.jpg

20121014-164211.jpg